A importância do uso de produtos de higiene próprios para animais

Publicado em: 05/04/2018 | Categoria: Dicas Pets

Apesar de ser um erro que muitos donos cometem, não se deve utilizar shampoos, condicionadores ou produtos de higiene de seres humanos em cães ou gatos, por conta de alguns fatores, como por exemplo:

 

Diferença de pH

O pH da pele humana é diferente do pH da pele dos cães e dos gatos. Ele é basicamente uma das barreiras fisiológicas da pele, por isso é indispensável que os produtos utilizados tenham o pH correto para que não haja um desequilíbrio nessa barreira, predispondo ao surgimento de dermatites. A flora natural (bactérias, fungos, ácaros) dependem do pH para manter-se em equilíbrio, quando ocorrem alterações, algum micro-organismo pode aumentar desordenadamente.

Ou seja, para seres humanos, um ambiente mais ácido na pele aumenta as defesas, inibindo a proliferação de fungos e bactérias. No caso dos cães, a alcalinidade deixa a pele ressecada e sensível, mais sujeita a infecções quando o equilíbrio é interrompido.

Fazer o uso de produtos de higiene muito ácidos ou muito alcalinos faz com que haja a remoção das defesas naturais da pele.

 

Características pele e pelo são distintas

As características de pele e pelo dos gatos e dos cães são diferentes das características dos seres humanos, por isso devem utilizar produtos específicos para cada tipo de pele e de pelo.

Ainda por conta das características de pele e pelo de cachorros e gatos serem distintas dos seres humanos, produtos de higiene humanos, podem promover o desencadeamento de reações alérgicas, além de outras dermatites como: infecções e foliculite, mas que poderiam ser evitadas com a utilização de produtos específicos para os pets.

Além do fato de que, muitos animais possuem predisposição genética (faz com que a probabilidade de alguns tipos de raças desenvolverem essa doença seja maior) a possuírem dermatites, se utilizado um shampoo não específico para cães/gatos, ou que não se adeque as características de pele e pelo do animal, as chances do desencadeamento serão ainda maiores.

 

Produtos desenvolvidos especialmente para a higiene de animais, possuem formulações que garantem a higiene sem agredir a pele e respeitando as características da pelagem, levando em consideração aspectos únicos e específicos de cada espécie.

Ou seja, os pets não devem utilizar shampoos, condicionadores (e outros produtos de higiene) de seres humanos, nem mesmo os shampoos infantis. Devem utilizar apenas produtos específicos para eles, com baixa irritabilidade dérmica e preferencialmente hipoalergênicos (que diminuem a incidência de reações dérmicas nem oculares) para assim evitar alergias e irritações.

Existem shampoos e condicionadores próprios para cães e gatos (alguns específicos para características de pele e do pelo) que além de promover uma limpeza adequada também contribuem nutricionalmente para a saúde da pele e da pelagem, sem danificá-la.

Fazer o uso de produtos de higiene próprios para nossos pets não diz respeito apenas à estética e a higiene, mas também a saúde.





Deixe seu comentário