4 dicas para passear com gatos

Publicado em: 24/09/2018 | Categoria: Dicas Pets

Apesar de não ser algo muito comum de ser visto (se comparado aos cães), gatos também podem sair para passear com seus donos de forma similar aos cães, algumas dicas são importantes para que o passeio ocorra de uma forma agradável e segura para os felinos.

 

1. Utilize equipamentos adequados

Antes de sair para passear com seu gatinho é necessário utilizar os equipamentos para mantê-lo seguro, entretanto por ele possivelmente não estar familiarizado com o peitoral (equipamento mais adequado para passear com felinos), você primeiramente deve acostumar seu gato ao uso do mesmo, é recomendável que:

Inicialmente mostre a seu gato o peitoral e deixe que cheire, brinque para já ir se acostumando com o objeto.

  • Quando perceber que já está familiarizado com o peitoral, coloque-o em seu gato (lembre sempre de utilizar o tamanho adequado, para que não se machuque ou escape, caso necessário pergunte ao veterinário qual é o modelo que melhor se encaixa no porte do seu gato)

  • Quando também estiver familiarizado com o peitoral tente colocar a guia, mas sempre permitindo que ele se mova junto a você e sem forcá-lo

  • Uma dica interessante é premiar seu gatinho com petiscos, assim ele relacionara o peitoral como algo positivo)

 

2. Higiene e saúde em dia

Antes de ser levado para passear, seu gato deve estar corretamente desparasitado e com suas vacinas em dia. Caso não esteja castrado, não leve na época do cio.

 

3. Passeios em locais tranquilos

Quando ele já estiver acostumado com o peitoral, comece a passear com ele fora de casa, não leve-o para locais muito movimentados, recomenda-se que o primeiro passeio seja no jardim de sua casa, onde ele não se assuste tanto. Se atente também a temperatura do ambiente, passear em dias muito quente ou muito frios pode não ser uma boa ideia, observe também a temperatura do solo, para que ele não machuque as patas.

É importante evitar de qualquer forma locais muito movimentados. Sempre tome cuidado ao cruzar com outros animais pela rua (cães ou até mesmos outros gatos), pois seu felino pode se assustar ou se machucar.

É importante ressaltar que caso ele mostre sinais de estresse ou medo, não insista e volte o mais breve possível para casa.

 

4. Nem todos os gatos são iguais

Mesmo os donos desejando muito passear com seu felino, é importante entender que nem todos os gatos são iguais, alguns preferirão ficar dentro de casa tranquilos, do que passear por lugares desconhecidos.

Caso seu gato seja um dos que não gostem de passear em parques ou outros locais, você também pode deixá-lo explorar o jardim de sua casa sempre adotando medidas de segurança. E também fazer com que ele se divirta dentro de casa:

  • Fazendo com ele atividades variadas, 

  • Oferecendo brinquedos para que se divirta (arranhadores, nichos, brinquedos variados, etc)

Disponha sempre itens de recreação próprios ou que não apresentem riscos ao seu animal. Barbantes e bolas de lã não devem ser oferecidos pois, podem ser engolidos causando sufocamento ou obstruções.





Deixe seu comentário