Dicas para manter a pele e pelagem do seu pet saudável

Publicado em: 24/11/2017 | Categoria: Dicas Pets

Dicas para manter a pele e pelagem do seu pet saudável

Existem várias funções que a pele executa, como por exemplo: a proteção contra bactérias, fungos, traumatismo e radiação solar. Por esse motivo é imprescindível manter sua hidratação, que ocorre por via interna, através da absorção de nutrientes e líquidos, e externa, através de produtos aplicados diretamente na pele e pelo.

 

Algumas dicas para cuidar saúde do seu pet são:

 

1. Boa Alimentação 

Animais que não se alimentam de forma balanceada podem ter dificuldades em obter os nutrientes necessários para conservar um pelo bonito e pele saudável. Existem várias formas de alimentação (natural crua ou cozida e ração industrial) independente de como o alimento é oferecido, deve sempre estar bem armazenado, evitando contaminações.

 

2. Escolha os Produtos de Higiene Adequados

Utilize sempre os produtos hipoalergênicos para evitar possíveis alergias e irritações. Jamais use produtos químicos de limpeza doméstica, ou shampoos de seres humanos devido às características específicas de pelagem e sensibilidade dérmica. Existem shampoos e condicionadores próprios para cães e gatos, e alguns produtos além de promover uma limpeza adequada também contribuem nutricionalmente para a saúde da pele e da pelagem.

Caso leve seu pet para algum banho e tosa, certifique-se da qualidade dos produtos utilizados durante o banho.Uma boa secagem depois do banho também é importante para não ocorrer proliferação de fungos e outros problemas dermatológicos.

 

3. Escove o pelo do seu animal

Independente se o pelo é grande, médio ou curto é sempre importante escová-lo no mínimo uma vez a cada 2 dias. Isso ajudará no momento das trocas de pelos e, consequentemente, a manter o pelo sempre bem cuidado e saudável, sem nós ou acúmulo de sujeira.

 

4. Procure um médico veterinário

A pele protege todos os outros órgãos, com isso o acometimento de praticamente qualquer sistema pode provocar sintomatologia dérmica ( sinais e sintomas observados). Por esse motivo é de extrema importância consultar um médico veterinário frequentemente para obter um diagnóstico precoce e preciso, pois apenas um especialista pode receitar o tratamento ideal para solucionar ou amenizar as causas.

  





Deixe seu comentário