4 dicas para cuidar de gatos

Publicado em: 21/05/2018 | Categoria: Dicas Pets

1. Ambiente adequado

Adapte o ambiente para que seu gato possa realizar atividades que condizem com suas características comportamentais, como: saltar, explorar, escalar, arranhar. Alguns itens podem ser utilizados nesse processo como por exemplo: nichos, arranhadores, ratos de brinquedo, bolinhas etc. Além desses, gatos também gostam de mordiscar plantinhas, apenas se certifique de que as que adquirirá não serão tóxicas para eles.

 

2. Liberdade

Os gatos podem passear por toda casa, mas lembre-se de instalar telas de proteção nas janelas (e onde mais for necessário, principalmente se residir em apartamentos), evitando acidentes, e de manter portas fechadas, prevenindo que seu gato saia e se perca.

Gatos não devem ter acesso à rua sem supervisão, pois estarão expostos a inúmeros perigos, como acidentes, crueldade humana e há a possibilidade de adquirir doenças incuráveis (como FIV, FeLV e PIF), além de que animais de rua têm uma expectativa de vida menor.

Gatos podem utilizar coleiras desde que sejam próprias para que não se prendam ou os apertem. Deixe na plaquinha de identificação seu telefone, pois caso seu gato se perca por algum motivo, a probabilidade de alguém encontrá-lo e ele ser devolvido será maior. Lembre-se de retirar o guizo (ou acessórios que façam barulhos que possam a se tornar irritantes por serem repetitivos) pois o barulho constante irrita os felinos.

 

3. Higiene periódica

A higienização também é um aspecto importante, tanto do pet, quanto do ambiente. Sempre mantenha caixas de areia limpas e com bastante areia, lave diariamente potes de água e potes de ração, as caminhas, semanalmente.

Os gatos também necessitam de banhos para auxiliar tanto na saúde quanto na beleza de seus pelos, a frequência de banhos varia com o tipo de pelagem, e é importante sempre utilizar produtos de higiene específicos para gatos. Escovar os pelos do seu gato também auxilia no processo de higiene, pois retira sujeira excessiva, auxilia no problema com bolas de pelos e evita que pelos fiquem espalhados pela casa.

Realize tosas higiênicas regulares, pois há a remoção dos pelos excessivos e mantêm um hábito higiênico.

 

4. Saúde

Muitos fatores relacionados a higiene também refletem na saúde e na qualidade de vida se seu animal. Faça visitas periódicas a um médico veterinário, para que haja a realização de exames preventivos, vacinação e a aplicação de vermífugos e antipulgas.

Castre seu gato, isso auxilia no controle populacional, evitando por seguinte maus-tratos e abandono, além de que tendem a ficar mais tranquilos.

Utilize ração de qualidade para alimentar seu felino, ricas em nutrientes. O indicado é utilizar aquela que mais se adequa as necessidades de seu gato.

Se atente principalmente aos sinais que seu gato dá. Alterações comportamentais, e afins, devem ser levadas em consideração e assim os levando a um veterinário de confiança para que haja o diagnóstico correto e prescrição de produtos adequados para a manutenção da saúde e do bem-estar de nossos gatos.





Deixe seu comentário