Dicas para ajudar a dar remédio aos pets

Publicado em: 12/08/2019 | Categoria: Dicas Pets

Muitos pets são resistentes a tomar os remédios receitados pelo veterinário, seja por conta do sabor, da textura ou do odor, os cães costumam identificar rapidamente o elemento estranho na boca, tentando assim evitar ingerir o remédio de todas as formas.

É importante ressaltar que as dicas sugeridas devem ser realizar de forma correta para que seu amigo receba a devida mediação de forma correta, sem prejudicar a eficácia do remédio, em caso de dúvida, sugere-se que consulte o médico veterinário responsável.

 

1. Esconda o remédio na ração

Outra dica é tentar esconder/misturar o remédio na ração habitual do pet ou em algum alimento úmido (normalmente se consegue melhores resultados com alimentos úmidos), dessa forma ele pode comer rapidamente sem notar a presença do comprimido.

 

2. Ofereça petiscos

Comece o contato como se fosse uma brincadeira comum, e depois ofereça um petisco, e assim por seguinte, após algumas sequências, ofereça mais um petisco como foram oferecidos os outros, porém com o remédio junto. A eficácia do truque vai depender do cachorro, já que muitos costumam rejeitar, comendo o petisco e cuspindo do remédio. 

 

3. Triture o comprimido

Triturar o comprimido também pode ser uma alternativa. Após triturar o comprimido tente colocá-lo por cima da ração úmida, ou de outra comida que será oferecida a ele (legumes cozinhados, almôndegas caseiras, petiscos etc).

 

4. Esconda o comprimido

Mesmo se seu pet identificar o comprimido na ração, uma dica é utilizar outro alimento mais atrativo para eles, como por exemplo, pedaços de presunto, biscoitos orgânicos (para cães), cenoura cozida, mini-hambúrguer caseiro, entre outras opções que ele possa se interessar (mas que não seja prejudicial), o objetivo é que o alimento oferecido sejam tão desejados pelo pet que ele não note ou não tenha tempo para investigar o que contêm ali.

 

O importante é sempre evitar o estresse para ambas as partes, tente realizar as dicas de maneira sutil e calma, mas caso perceba que nenhuma dessas dicas surtiram efeito e seu pet ainda se recusa a ingerir o remédio consulte o veterinário de confiança.





Deixe seu comentário