Como remover um carrapato de seu animal de estimação

Publicado em: 24/02/2015 | Categoria: Dicas Pets

 

Então, você encontrou um carrapato em seu animal de estimação? Como você lida com isso? 

Embora seja importante removê-los rapidamente, os veterinários aconselham você a manter a calma e não se apresse. Removendo-o muito rápido você pode potencialmente criar mais problemas, tanto para o seu animal de estimação quanto para você.

Apesar das seguintes instruções incluir uma pinça, esteja ciente de que há produtos muito bons no mercado, formulados especificamente para remoção de carrapatos. Se você mora em regiões propensas a carrapatos, é importante que utilize produtos regularmente para evitar que eles apareçam. 

Passo 1 - Prepare o lugar onde descartar
Jogando um carrapato no lixo ou no vaso sanitário não vai matá-lo. Esteja preparado com um lugar para colocar o carrapato depois que você removê-lo, a melhor opção é um pote contendo um pouco de álcool.

Passo 2 - Tenha ajuda
Você não quer ver seu animal de estimação se contorcendo e fugindo para longe antes que você tenha acabado, por isso, se possível, ter um ajudante para distrair, acalmar ou mantê-lo imóvel pode ser bastante útil dependendo do comportamento do animal.

Passo 3 - A Remoção
Trate área da mordida com álcool e, usando uma pinça, segure o carrapato tão perto de pele do animal quanto possível. Puxe para cima com força constante, com a mesma pressão. Coloque o carrapato em seu frasco com álcool.

  • Não torça ou chacoalhe o carrapato! Isso pode deixar parte da boca embutidas em seu animal de estimação, ou fazer com que o carrapato regurgite fluidos infecciosos.

  • Não aperte ou esmague o corpo do carrapato, porque seus fluidos (conteúdo da saliva e do intestino) podem conter organismos infecciosos. 

Carrapato

Passo 4 - Se ficaram partes do carrapato
Às vezes, apesar de fazer tudo certo, partes da boca de um carrapato podem ficar para trás na pele do seu animal de estimação. Se a área parecer vermelho ou inflamada, a melhor coisa a fazer é desinfectá-la e não tentar tirar as peças de boca. A compressa quente para a área pode ajudar o corpo a expulsá-los, mas não tente retirá-la com a pinça.

Passo 5 - Limpeza
Desinfectar o local da picada e lavar as mãos com sabão e água (mesmo que você estivesse usando luvas). Esterilizar suas pinças com álcool. Não é necessário atear fogo nos equipamentos.

Passo 6 - Vigiar
Ao longo das próximas semanas, acompanhar de perto a área da mordida por quaisquer sinais de infecção localizada. Se a área já estiver vermelha e inflamada, ou torna-se assim mais tarde, leve seu animal para avaliação veterinária.
Se você perceber que a infestação é grande será necessário a dedetização do ambiente juntamente com administração de medicamentos específicos.

 

Consulte seu veterinário.





Deixe seu comentário