Acabou de adquirir um filhote? E agora?

Publicado em: 16/07/2014 | Categoria: Dicas Pets

 

Diversas são as necessidades de um filhote, primeiramente que nome dar? É importante que seja um nome fácil e pequeno, especialistas indicam que tenham no máximo duas sílabas, pois facilitam na hora de chamá-lo, principalmente na hora das pequenas broncas. 

Você deve estar pensando, broncas? Isso mesmo. Muitas vezes ficamos tão encantados com essas fofuras que nos esquecemos que regras são importantíssimas, principalmente para eles, que as entendem como segurança. Quantas vezes você ouviu falar de alguém que doou o animal porque ele não obedecia, destruía tudo, não tinha limites? Pois isso é ausência de regras básicas. Então para garantir uma ótima convivência aí vão algumas dicas úteis.

Qualquer espécie animal, principalmente os cães necessitam de um lugar no qual se sintam seguros, é importante que ele tenha uma “toca”, não precisa ser necessariamente uma casinha, mas um local que seja dele. Em média o cãozinho leva dois dias para se habituar ao novo lar, você pode deixar que ele escolha um local de segurança, mas este deve ser bom para você também, caso ele se decida justamente pela sua cama (o que é comum, afinal tem o seu cheiro e ele quer estar com você), você pode escolher o local ideal e ali colocar uma coberta e brinquedos para seu novo amigo.  Próximo a este local colocar duas vasilhas, que devem ser limpas diariamente, uma para água e outra para ração. 

Filhotes precisam de alimentação específica para a idade e metabolismo deles, o balanceamento ideal é encontrado em rações industrializadas destinadas a filhotes. Existem inúmeras no mercado, porém é importante lembrar que uma boa alimentação ajuda o organismo a desenvolver uma boa imunidade, prevenindo inúmeras doenças (Ops! Eu não ia falar de doenças!). A quantidade varia de acordo com a ração escolhida, o porte e idade do cão. O ideal é consultar quantidade diária na embalagem da ração e dividir em três porções durante o dia, por exemplo, se a quantidade indicada é 150g, dê três porções de 50g, podendo ser de manhã, à tarde e a noite. Lembrando que seu amigo está crescendo e as quantidades serão adaptadas também. O filhote deve comer alimentos destinados a ele em média até um ano de idade. Uma dica interessante é dar a ração após sua família ter comido, pois no “mundo canino” o chefe da matilha come primeiro, sendo assim uma forma de mostrar a ele quem dá as regras. Não dê migalhas nem restos durante sua alimentação, isso vai estimulá-lo a “roubar” alimentos na sua ausência. Seria ótimo você poder deixar um lanche no prato enquanto atende a campainha, certo?

Brincadeiras são essenciais, eles adoram brincar e elas nos ajudam a gastar a energia deles, para que durmam bem e “esqueçam” de comer nossos chinelos. Os filhotes têm muita disposição, muita mesmo, portanto dispense um bom tempo para estar e brincar com eles, em média dois turnos diários de uma hora cada é suficiente. Porém até na hora do lazer há regras. Não estimule a agressividade com brincadeiras como “cabo de guerra”, mesmo porque, você provavelmente vai deixá-lo ganhar e isso significa nitidamente que ele é o líder. Brincadeiras com bolas são ótimas, ele corre bastante e se diverte, no entanto se ele não devolver e você começar a correr atrás dele, a brincadeira ficará muito mais interessante...PARA ELE. Então comece jogando perto para que ele tenha interesse em buscá-la, e para que devolva, ofereça um petisco em troca, com o tempo a diversão bastará.

Nem só de alimentação e brincadeiras vive um filhote, eles também dormem bastante, principalmente quando novinhos. Eles precisam dormir para desenvolver e armazenar o aprendizado, portanto não o acorde nem o assuste. Quando tirarem uma soneca juntos, não permita que ele durma em cima de você, para ele é sinal de dominância e se for de porte grande, ele crescerá e adivinhe onde ele vai querer dormir.

É difícil resistir às carinhas dos nenês, porém se você conseguir seguir essas poucas regras a convivência será muito mais tranqüila para toda a família, incluindo o mais novo integrante dela!

Dica da Dra. Carolina V. B. Ferraz
CRMV-SP 22.835

 





Deixe seu comentário